Algumas coisas não mudam com o tempo

– Oi! Pode falar?

– Sim. Quanto tempo! Não nos falamos há o quê… uns seis anos?

Seis anos e dez meses. Quase sete. Tentei contato com você algumas vezes, mas só agora consegui seu msn. Você mudou, né?

Mas me fala de você… como você está, tudo bem?

– Estou ótimo. Estou namorando há um bom tempo.

– Que notícia boa! Fico muito feliz!

– É… eu amo minha namorada, mas eu nunca te esqueci.

– Hein?

– Ainda penso em você, sonho, desejo. Você é a mulher da minha vida. E sempre será.

– Não vai falar nada?

– Não tenho o que falar. Na verdade, tenho sim: não devemos mais nos falar. Sempre quis ser sua amiga, mas já aceitei que não daria certo. E, agora então, melhor nem tentar.

– Mas quero fazer parte da sua vida, ter notícias suas. Assim, se seu namoro não der certo, podemos ficar juntos.

– Você está louco. Melhor pararmos por aqui.

Tudo bem. Mas eu te amo. E estarei sempre esperando por você.

Anúncios

34 Respostas

  1. o povo não entende q a fila anda.
    bjs

    28/07/2009 às 23:51

    • Menina Misteriosa

      E que mudanças, às vezes, são bem-vindas.
      Beijos

      29/07/2009 às 09:30

    • mudanças sempre são bem vindas, mesmo qndo na hora acreditamos q elas só estejam atrapalhando, pq no fim de tudo elas serviram para crescimento, e viram experiência.
      bjs

      29/07/2009 às 13:29

    • Menina Misteriosa

      Sentimental, falou tudo!
      Tá certíssima!
      Beijos

      29/07/2009 às 14:14

  2. Olá!!

    Obrigado pela visita, apareça sempre que puder.

    sobre seu post….aconteceu mesmo esse diálogo?

    Se sim…que barra heim???

    É estranho isso, estar com alguma pessoa e pensando em outra.

    É sofrimento pra todo mundo, pra quem pensa, pra quem está com quem está pensando e pra quem é pensado…rsss.

    Sei lá!!

    Boa sorte pra todos então.

    http://phalador.blogspot.com/

    29/07/2009 às 00:30

    • Menina Misteriosa

      Aloizio,
      É fragmento de um diálogo que aconteceu basicamente deste jeito (comigo ou com alguém que conheço). Fiz apenas uns ajustes para postá-lo aqui.
      Obrigada!
      E vou aparecer por lá sim!
      Beijos

      29/07/2009 às 09:33

  3. E nem vão mudar…

    Eu acredito piamente em histórias como essa. Acredito que isso seja tão real quanto sua inspiração pra ter escrito isso aí. E, deixei de lado a vontade pra tentar entender o porque isso acontece. De verdade, eu já nem sei mais o que realmente anula a coragem pra assumir um amor de verdade.
    A vida segue, encontra-se um novo companheiro, e ainda o chama de amor…Será que é isso?
    Por isso tantas e tantas vezes por tantos e tantos versos tentamos entender, ou então ao menos saber porque esse sentimento deixa a gente tão sem razão.

    Me vi muito nesse texto, e isso gelou meu coração.
    Vi a falta de coragem pra tentar ser feliz – de verdade- no “principal” personagem. Falta de ousadia para tirar os pés do chão – de verdade – e fazer o que? Ficou bom no “quase”, o quase que não deu certo, o quase que ficaram juntos. Quase… tanta coisa.

    Não vão mudar mesmo!

    29/07/2009 às 09:10

    • Menina Misteriosa

      Mariana,
      Seu comentário me encantou… lindo, cheio de emoção e intensidade!
      Não sei sobre sua história, mas espero que tenha coragem para se arriscar e buscar o que deseja! Entender nem sempre será possível, mas sentir sim… Sinta, se permita!
      Beijos

      29/07/2009 às 09:44

  4. Oi, menina misteriosa!

    Fiquei um pouco confuso por vc não ter o blogspot, mas, aí achei a sua página virtual, o seu cantinho… Que lindo o teu espaço, bem acolhedor, adorei o teu estilo! Ao ler o teu texto, me lembrei dessa música:

    Paixão antiga sempre mexe com a gente é tão difícil esquecer
    Basta um encontro por acaso e pronto começa tudo outra vez
    E vendo você o coração parece que vai saltar
    Pelo meu corpo, saudade em todo lugar
    E eu sem disfarçar te como com meu olhar
    Foi bom demais, não tinha que acabar
    Meu bem, quando eu te vi, tudo voltou e eu compreendi
    Que te amo, quero, adoro sempre mais
    Deixa o coração te seduzir, não dá mais pra disfarçar
    Deixa o sentimento decidir, já é hora de voltar !!!

    E aí, que msg essa música te trás? rs Um bjo, o tempo está escasso pra mim, mas sempre que puder, gostaria de te visitar e que vc aparecesse por aqui…

    29/07/2009 às 11:21

    • Menina Misteriosa

      Oi, Arthur!
      Que bom que achou o caminho e gostou… venha mais vezes! E conte com minhas visitas por lá!
      Hum… esta música pode até trazer muitos sentimentos à tona… e o que ela descreve também pode acontecer com novas paixões ou com algumas nem tão antigas, né?
      Beijos

      29/07/2009 às 12:18

  5. Antes que eu esqueça: adorei o comentário da Mariana. E adorei sua resposta tb.

    Fiquei perdida, sem saber oq comentar.
    Isso acontece mto, e mto. Às vezes é a deixa que alguns casais precisam pra se enxergarem e voltarem, e conseguirem construir algo realmente sólido e feliz. Em outras, é só pra um ficar com a sensação que o outro não caminha. São histórias e histórias…

    …só q achei o fim da história tão abrupto. Como se isso desse oq pensar, como se faltasse uma parte da história. Coisas da minha cabeça…

    [tou adorando vir aqui!]

    29/07/2009 às 11:35

    • Menina Misteriosa

      Tem um pouquinho mais de história sim… mas era preciso, no momento e pelo contexto, encerrar a conversa de forma “meio” abrupta…
      Sua cabeça pensa coisas muito legais, divida sempre com a gente, viu?
      Eu que estou adorando você aqui!
      Beijos

      29/07/2009 às 12:24

  6. Oi, flor.

    Adoro esse tipo de diálogo, meus textos costumam ter coisas assim, fruto dos meus devaneios, mas com base em observações bem reais.

    Tem dias em que sentimos uma vontade quase incontrolável de fazer coisas aparentemente absurdas (como esse telefonema), mas que fazem todo o sentido pra nós…deve ser libertador.

    Um beijo,

    ℓυηα

    29/07/2009 às 13:29

    • Menina Misteriosa

      Luna, que bom ouvir (ops, ler) isso.
      Estava com receio de postá-lo assim. Tentei explicar através de um texto normal, mas não consegui, não transmitia a ideia da mesma forma.
      Obrigada, você fez uma menina feliz hoje! :)
      Beijos

      29/07/2009 às 14:26

  7. Nem tudo na vida é via de mão dupla. Nossos sentimentos são o maior exemplo disso.

    E concordo com a Mariana: o que mais dá medo é que essa realidade existe e está em cada um de nós. O risco existe, mas falta a tentativa e a consciência de que erro existe para fortalecer o aprendizado.

    (Bom que eu, falando assim, até pareço o que mais acerta na vida, né? NOT!)

    Beijo grande, moça!

    29/07/2009 às 13:35

    • Menina Misteriosa

      Parece que você está tentando acertar e aprender… todos nós estamos, né? E errar faz parte…
      Beijos

      29/07/2009 às 14:30

  8. Menina…

    De onde você me conhece????

    Você posta cada coisa aqui que bate exatamente com situações que já vivi!!! O.O

    E é bem isso… algumas coisas nunca mudam MESMO. Eu já comprovei, não vale a pena insistir… é perda de tempo, de energia.

    A fila anda, aquilo que era importante antes, não é mais agora, e fim de papo. Vamos pra frente, que atrás vem gente! rsrsrs

    Beijos, querida!

    29/07/2009 às 16:15

    • Menina Misteriosa

      Sweet,
      Que legal! Gostei de saber que se identifica com meus textos. O mais impressionante é que sinto o mesmo com os seus!!!
      :)
      Beijos

      30/07/2009 às 15:58

  9. Adorei o nome do blog…. Por que será?
    E de cara e identifiquei com o primeiro post que li!

    Acredito muito que algumas coisas nao mudam com o tempo mesmo sem entender por que as vezes não pulamos de corpo e alma e prefirimos ficar no quase, como comentou nossa Mariana..

    Bijucas misteriosas daqui !

    29/07/2009 às 16:56

    • Menina Misteriosa

      Também adorei o nome do seu… me senti em casa lá… risos…
      Volte sempre!
      Beijos misteriosos daqui!!

      30/07/2009 às 16:06

  10. Que bom, fiquei feliz também, então, moça. \o/

    ℓυηα

    29/07/2009 às 17:09

    • Menina Misteriosa

      :)

      30/07/2009 às 16:48

  11. Ahhhhhhhhhh…

    Não sei se dá samba ou bolero, mas tenho certeza que situações como esta acabam na boca do povo, rs…

    Quer saber? A lição mais valiosa que aprendi com minha filha de 19 anos foi: “A fila anda”.

    Beijos e muito muito obrigado pela visita. Me pegou numa fase entre crônicas e poemas. Volte sempre.

    Miltextos

    29/07/2009 às 18:56

    • Menina Misteriosa

      Oi, Jorge!
      Gostei muito do que vi por lá e tenho a intenção de voltar!
      Espero que tenha se divertido aqui e venha me visitar mais vezes!
      Beijos

      30/07/2009 às 16:34

  12. Noooossa, e agora?!

    mas como todos já disseram acima, a fila anda né?

    29/07/2009 às 20:19

    • Menina Misteriosa

      Oi, Luna!
      É… o tempo não perdoa, muita coisa muda e temos que seguir em frente.
      Legal você por aqui… Beijos

      30/07/2009 às 16:45

  13. Tô “twittando” você…

    Bjs

    30/07/2009 às 09:16

    • Menina Misteriosa

      Ôba!
      Já te adicionei…
      Beijos

      30/07/2009 às 16:47

  14. Oi,Menina
    Que diálogo gostoso e bom de se ler!
    Por que os homens são assim?Só dão valor depois que perdem…mas,agora “perdeu”

    Olha,amanha começa o debate lá no meu blog.Não se esqueça,ok?

    Beijos

    31/07/2009 às 11:23

    • Menina Misteriosa

      Oi, Marisa!
      Não esqueci. Amanhã é o grande dia!
      Quero estar lá sim…
      Boa sorte!
      Beijos

      31/07/2009 às 12:15

  15. Espero nunca passar por isso, em ambos os lados. É uma situação muito constrangedora…Minha primeira vez aqui. Passei para conhecer. Beijos Menina Misteriosa…tão misteriosa quanto eu…huashuash

    05/08/2009 às 11:06

    • Menina Misteriosa

      Ôba! Adorei você aqui!
      Seu blog me diverte muito…
      Espero que tenha gostado e volte mais vezes!
      Beijos

      05/08/2009 às 11:13

  16. O segundo post lá foi surreal, mas esse, eu diria que foi quase um deja vu!

    As histórias meio q se repetem… com outras pessoas, outros personagens, outros momentos…

    choquei!

    09/01/2010 às 04:14

    • Menina Misteriosa

      Sério, Carol?!?!!
      Que bacana esta ‘coincidência’…
      Depois, se quiser e puder, conta um pouquinho pra gente…
      Fiquei curiosa! ;)

      09/01/2010 às 15:27

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s