“Você me ligou naquela tarde vazia e me valeu o dia…”

Lembrando a música do Ira!, numa tarde vazia, meu telefone toca.

Vi um número desconhecido, DDD de outra cidade. Atendi. Do outro lado da linha, um grande amigo – meu calouro na faculdade. Ele entrou um semestre depois de mim e, num piscar de olhos, ficamos muito próximos. Com certeza, o curso foi mais interessante e divertido por causa dele. Boas lembranças me vieram à cabeça na hora. Como era bom ouvir novamente sua voz.

Não nos falávamos há um bom tempo. Acho que desde a formatura dele. Tivemos uma ou outra conversa espóradica por msn, mas sempre muito breve. Ele me contou que estava terminando o mestrado e defenderia a tese em breve. E que havia dedicado a mim, como uma homenagem, uma forma de me agradecer. “Como assim?”, pensei.

Foi então que ele me explicou:

” ‘Menina’, quando entrei na faculdade, quase ninguém me levava a sério. Até meus pais duvidavam um pouco da minha vocação. Você foi a primeira pessoa que acreditou em mim. E foi quando eu mais precisava, porque, de tanto ouvir que eu não era capaz, comecei a achar que eu não tinha potencial. Você não só me incentivou, como despertou em mim a vontade de me superar. De crescer. De lutar.

Lembro como se fosse hoje. Você percebeu algumas dificuldades que eu tinha e, ao invés de apontá-las, me criticar ou julgar, você me ajudou. Gastava horas me explicando algumas matérias. E meus textos, lembra? Eu tinha bloqueio para escrever, não conseguia expor minhas ideias. Mas você me fez acreditar e treinar. Eu sei que dei trabalho. Eu era displicente e ainda reclamava quando você cobrava empenho. Mas você não desistiu. O resultado? Eu, além de conseguir me formar, hoje estou terminando meu mestrado.

E sempre penso em você.

Então, dedico a você esta minha conquista. Como forma de te agradecer. De te mostrar o quanto você foi e é importante na minha vida. Faz parte da minha história.”

Minha passagem já está comprada. Irei assistir à defesa da tese dele. Não resisti ao convite. E faço questão de estar presente num momento tão importante para alguém que é querido e especial pra mim.

Sim, esta ligação me valeu o dia. Na hora, fiquei emocionada. Nós dois ficamos. E conversamos por horas… Ele ainda não sabe como as palavras dele me tocaram e o bem que ele me fez. Porque isso… ah, eu vou dizer pessoalmente!

Anúncios

20 Respostas

  1. Oi,querida

    Que coisa boa se fazer um amigo assim ,pela gratidão,pelo incentivo e pelo reconhecimento.Parabéns!
    Espero que esse encontro lhe traga mais felicidades!

    Menina,a partir de amanhã.o tema de setembro,escolhido por sugestão e votação já estará publicado.
    Espero que arranje um tempinho para vir debater conosco.Sua opinião é muito enriquecedora!
    Beijo

    31/08/2009 às 12:16

    • Menina Misteriosa

      Oi, Marisa!
      Obrigada… eu também espero… na verdade, só o telefonema já me trouxe tanta coisa boa!!! :)
      Hum… dei um pulinho lá no Debate. O tema de hoje é muito interessante: “Aborto, exercício de poder?” (vou tentar voltar mais tarde para comentar com calma…)
      Beijos

      01/09/2009 às 14:21

  2. Muito legal! Esse tipo de epifania é que nos faz manter ligado o motorzinho e jamais desistir de acreditar que a vida é mesmo um grande barato! Para mim que sou inclinado ao ceticismo é muito legal saber dessas coisas que volta e meia acontecem, mas nem sempre chegam aos nossos ouvidos e/ou olhos! Muito legal mesmo! :-)

    Ivan

    31/08/2009 às 12:21

    • Menina Misteriosa

      Ivan,
      Fico feliz em saber que gostou… e concordo com você: é legal e importante sabermos que vale a pena sim acreditar… e que o resultado por ser melhor do que imaginávamos!!!
      Beijos

      01/09/2009 às 14:23

  3. O tempo passa. Fato – aqui – que ele passou. Mas nem por isso momentos importantes foram esquecidos!

    Descobrimos nesse texto, o papel fundamental nessa vida louca, corrida, e maravilhosa de ser pessoa. A que complementa. A que agrega. Faz crescer. O papel que o outro nos mostra num jeito novo de interpretar o que somos. Nosso avesso. Um avesso coordenado. Um avesso que faz sentido.

    Maravilhoso saber que fizemos algo por alguém, sem nem ao menos termos a consciência de que estávamos fazendo, né?

    É no “sem querer” que a gente chega ao longe…

    Boa semana Mistérios! Beijocas.

    31/08/2009 às 13:47

    • Menina Misteriosa

      Mary,
      Sentir-se parte da vida de alguém é muito bom! :)
      Às vezes, corremos tanto no dia-a-dia que nem reparamos quando fazemos a diferença na vida de alguém ou não damos valor a alguém que faça isso pela gente.
      É… “sem querer”… bem no estilo “fazer o bem sem olhar a quem”… daí que surgem as melhores lembranças, os momentos mais marcantes e inesperados!!!
      Obrigada pela sua força e carinho de sempre, linda!
      Boa semana,
      Beijos

      01/09/2009 às 14:27

  4. Ow, que sensação deliciosa, flor!

    Fazer a diferença na vida de alguém, com gestos simples mas tão significativos, tão essenciais, tão representativos, dá uma sensação enorme de prazer e alegria.

    Acreditar, ajudar, dar crédito, incentivar…todo mundo precisa, e é bom demais oferecer e receber.

    Lindo post, gostei muito! ^^

    Dois beijos de início de semana, moça.

    ℓυηα

    31/08/2009 às 18:44

    • Menina Misteriosa

      Luna…
      É uma sensação deliciosa… de bem-estar, leveza… A Amargha deve entender bem, afinal, ela faz a diferença na vida de tanta gente!!!! :) Por falar nisso, tenho umas amigas que estão com as cabecinhas meio confusas e já recomendei: mandem uma carta pra Amargha que ela responde e ajuda vocês… (é sério!)
      Obrigada, sua opinião é muito importante pra mim, viu?
      Boa semana,
      Beijos

      01/09/2009 às 14:30

  5. Uma leitora inteligente é sempre uma blogueira inteligente. Que sorte eu tenho! Obrigado por sua passagem em Os Dias. bjs W

    01/09/2009 às 02:54

    • Menina Misteriosa

      W.,
      Sorte a minha em tê-lo aqui… e obrigada pelas palavras de carinho!
      Seja bem-vindo e volte sempre!!!
      Boa semana,
      Beijos

      01/09/2009 às 14:32

  6. Ai que lindo, Menina!!

    Aquelas coisas que fazemos de todo o nosso coração, parecem ser tão simples para nós.. mas para quem recebe é grandioso! Muitas vezes não nos damos conta da importância das nossas atitudes na vida dos outros.

    Parabéns!! E parabéns pelo seu amigo, que teve a sorte de te encontrar no caminho e mais ainda, soube aproveitar o que você fez por ele… e melhor ainda, soube reconhecer e lhe “creditar” hehehe.

    Muitos beijos e ótima semana pra você!

    01/09/2009 às 10:47

    • Menina Misteriosa

      Oh, Sweet, que lindo… obrigada!
      É isso mesmo… são coisas simples pra gente… tenho pensando tanto nisso nas últimas semanas… hum… nem te conto, seriam histórias para um outro post!!! ;)

      Mudando de assunto: todo dia de manhã, quando estou me arrumando pra ir trabalhar, lembro do seu post! De verdade! Hoje, eu bati tanto meu sapato no chão que, além de acordar o vizinho de baixo, quase estrago o coitado!!!! (Ah, e também não pego mais nada na cozinha com a luz apagada, né? – seguindo dicas do comentário da Luna…) Não esqueço mais… hehehe

      Bom demais ter você aqui, viu? Adoro!!!
      Boa semana,
      Beijos

      01/09/2009 às 14:40

  7. Que bacana!
    Imagino sua felicidade ao ouvir as palavras de agradecimento dele.
    Aproveite o encontro.. É muito bom rever amigos.

    beijos

    01/09/2009 às 10:57

    • Menina Misteriosa

      Obrigada, Dica!
      E é muito bom também te ter aqui…. fazer novos amigos… estou adorando!!!
      :)
      Boa semana,
      Beijos

      01/09/2009 às 14:43

  8. é bom saber q se fez parte da conquista de alguém né?
    olhar e saber que ajudou em algum momento, é muito gratificante.
    dê meus parabéns a ele por mim.
    bjs

    01/09/2009 às 11:27

    • Menina Misteriosa

      Sentimental,
      É bom demais!!!
      Que lindo… obrigada… pode deixar que dou sim!!!! :)

      E você, como está?
      Mande notícias…
      Boa semana,
      Beijos

      P.S.: Quando eu estava conversando com ele, lembrei sobre o que nós duas conversamos… sobre o problema da distância… ah… =/

      01/09/2009 às 14:47

    • pois é, esse lance de distância meio q prejudica os relacionamentos né? eu preciso tocar e sentir o cheiro, pelo menos 3 vezes por semana. rs
      estou bem.
      beijos

      01/09/2009 às 15:55

  9. Ahahahahaha…tu é um doce, mesmo, guria!

    A Amargha tenta ajudar, mas a risada, isso ela garante. ;)

    Beijos, adoro vir aqui.

    ℓυηα

    01/09/2009 às 15:38

  10. Dil Santos

    Oi menina, tudo bem ctg?
    Eu tinha o mesmo problema q vc, eu ñ sabia dizer não, as pessoas aproveitavam de mim e me exploravam digamos assim, rsrs.
    Aos poucos fui mudando, ia dizendo um não para as pequenas coisas, depois eu ia crescendo, rsrs.
    Hj eu ñ vou dizer que estou 100%, mas uns 75 % sim, rsrs.
    Fico feliz que eu esteja inspirando, que de alguma forma eu possa lhe ajudar, lhe dar apoio moral, rsrs
    Ah, comentando sobre seu post, que massa. É sempre bom ter o reconhecimento das pessoas, ser lembrado, como aconteceu com vc.
    Legal mesmo.

    Se cuida
    Bjos
    :)

    01/09/2009 às 20:20

    • Menina Misteriosa

      Dil,
      Um dia eu aprendo!!!! :)
      Beijos

      01/09/2009 às 21:35

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s