Amor despedaçado

O começo foi agitado, intenso. O perigo excitava. Por ser proibido e secreto instigava a imaginação e os sentidos. Era um caso? Um affair? Definitivamente, uma aventura, uma loucura. E, naquele momento, os dois queriam a adrenalina. 

Becos escuros, ruas desertas
Sombras, sussurros, noites e frestas
Frio na espinha, beijos roubados
Sexo e vertigem, amor e pecado

Mas a surpresa de ontem, hoje é corriqueira. Normal. Repetições. Menos surpresas. Rotina. Envolvimento. Sentimentos expostos e compartilhados. Desejos revelados. Vontades que mudam. Expectativas.

Tudo o que um dia
Já foi um motivo
Pra tanto mistério e prazer
Apodreceu o nosso fruto proibido
E eu vim aqui hoje só pra dizer

Apodreceu? Cansou? É preciso mais? Pedir, seria cobrar? Se impor, seria colocar contra a parede? Como dizer? O que falar?

Eu quero te olhar
De um lugar diferente
Eu quero a chave
A chave da porta da frente
Eu quero agora
E eu quero pra sempre

Pronto. Mais claro, impossível. Disse o que queria. O que esperava. Isso não implica perder ou tolher a liberdade, o romance, a paixão, o desejo. Signfica agregar. Compartilhar. Assumir. Ter intimidade. Mas porque o sumiço? Porque a falta de resposta? O que causou a mudança de atitude? Chamadas não atendidas, sem retorno.

Restos e sobras, porta dos fundos
Senhas secretas, sonhos ocultos
Fugas, mentiras, culpas e falhas
Muita espera pra pouca migalha

A ausência e a fuga são as respostas. Resto, sobras não são mais suficientes. Esperou, teve paciência. Não perdeu o controle, nem a razão. Não maltratou. Não mudou. Continuou da mesma maneira. Firme. Forte. Sabendo o que queria. E não era isso. Definitivamente, não era.

 

* “A chave da porta da frente” – Frejat e Leoni

Anúncios

28 Respostas

  1. Oi meu bem, o blog já está no ar.

    O link está ali ao lado [no Sem Rédeas], ou se preferir:

    http://amordepapelao.blogspot.com/

    Beijos.

    Ivan.

    Nos livramos do apagão, né? rsss

    11/11/2009 às 00:03

    • Menina Misteriosa

      Já fui lá e adorei!
      risos… sim…
      Beijos

      12/11/2009 às 22:52

  2. o meio é mais intenso!!! e mais gostoso!

    11/11/2009 às 00:25

    • Menina Misteriosa

      Não tinha pensando nisso.
      Me deslumbro desde o começo…
      Beijos

      12/11/2009 às 22:53

  3. Menina, a-d-o-r-o essa música.
    e adorei o que tu fez, intercalou o texto na música.
    intenso, lindo!

    11/11/2009 às 02:30

    • Menina Misteriosa

      Luna,
      Eu também!
      Em alguns momentos, coloco no repeat e canto até ficar rouca. Exorcisa alguns fantasmas…
      Obrigada, linda!
      Gosto de você aqui…
      Beijos

      12/11/2009 às 22:55

  4. Ai… doeu de verdade.

    Beijinhos =)

    11/11/2009 às 09:13

    • Menina Misteriosa

      Sisa,
      Que alegria você por aqui…
      Dói, né? Mas já aprendi que passa!
      Beijos

      12/11/2009 às 22:56

  5. Arrasou, lindona!!!

    Essa cadência ficou excelente, eu, simplesmente, adorei!!!

    Sabe que, às vezes, acho que sou doida? Sim, porque vejo o ciclo das coisas com naturalidade, não acredito nem espero eternidade em nada…sei da fluidez, sei do tempo (ainda que não saiba quanto), e isso não me machuca nem me faz viver as coisas com menos intensidade.

    Dois beijos, querida. Esse post está especialmente charmoso, lindo de tudo!

    ℓυηα

    11/11/2009 às 09:17

    • Menina Misteriosa

      Obrigada, Luna… você é sempre tão doce! ;)
      Não acho que seja doida. Tem os pés no chão… e isso é bom!
      Beijos

      12/11/2009 às 23:01

  6. Lembrar pra baixar a música – fiquei curiosa, lógico.

    Esse post me lembrou um texto que já li uns dias atrás lá no Quer Ler? Eu deixo!, da Bel, que romances secretos que devem ser segredos, não importa por qual motivo, não deveriam existir – em outras palavras, ‘vc não deveria estar nele’. E concordo, sabe..que seja loucura, aventura, mas que passe.

    Mas passar por isso é quase normal – só pq o normal varia de pessoa pra pessoa. E, se eu entendi um post, não seria um amor despedaçado…mas um amor mal construido, talvez. Um castelo num monte de areia…entende?

    é.

    11/11/2009 às 09:48

    • Menina Misteriosa

      Intense,
      Saudades de te ver aqui…
      Gostei da ideia de ser ‘mal construido’. É… talvez nunca devesse ter começado, porque já nasceu errado, ameaçando ruir a qualquer momento…
      Obrigada,
      Beijos

      12/11/2009 às 23:04

  7. Sil

    Hum…
    Adorei este trecho:

    “Eu quero te olhar
    De um lugar diferente
    Eu quero a chave
    A chave da porta da frente
    Eu quero agora
    E eu quero pra sempre”

    Quero muito isto…

    Flor, estou com montão de saudades de vc…
    Qdo vc vai entrar no msn que é pra gente conversar e colocar as idéias em dia????

    Não some!!!
    =)

    Bjos

    11/11/2009 às 10:21

    • Menina Misteriosa

      Anjinha,
      Eu também quero!
      A gente vai conseguir…
      Também estou com muitas saudades!!!!!!
      Logo, logo. Te aviso! ;)
      Beijos

      12/11/2009 às 23:05

  8. Dil Santos

    Menina, que é isso?
    Adorei, fiquei arrepiado, rsrsrs.
    Frejat é sem comentáios né? Leoni, muito menso, rsrs
    Adoro demais ele, rs.
    Muito muito boa essa música.
    Pode deixar querida que aproveitarei o máximo possível e impossível, rs.

    Bjos
    :)

    11/11/2009 às 13:14

    • Menina Misteriosa

      Ei, Dil… que bom que gostou!
      Sim, eles são demais… e, se juntarmos com a sua inspiração… já imaginou?
      Oh, quero ver, hein? (vai me dando notícias…)
      Beijos

      12/11/2009 às 23:07

  9. Nossa Menina, fiquei sem palavras, agora.
    Tão intenso, tão bonito, quanta inspiraçao…
    Eu fico aqui, ó… Só suspiros!

    Bjs querida!

    =)

    11/11/2009 às 13:36

    • Menina Misteriosa

      Danni,
      Você daí e eu daqui… rs
      beijos, linda!

      12/11/2009 às 23:08

  10. É uma bela música.

    Quanto aos acasos do amor, difícil entender, né? Já passei por muitas situações e ainda não entendi muitas delas, mas acredito sinceramente que devemos sempre buscar a felicidade e não ter medo de deixar algo que está ruim para trás, pois deixando esse algo ruim para trás, abrimos as portas para algo que pode ser muito bom aparecer.

    Daniel

    11/11/2009 às 14:06

    • Menina Misteriosa

      Daniel,
      Perfeita sua colocação!
      É nisso que acredito também…
      Beijos

      12/11/2009 às 23:16

  11. Ui…me lembrou uma certa história…

    Tu sabes, né, flor? =/

    =**

    11/11/2009 às 17:57

    • Menina Misteriosa

      Sei sim, lindona!
      Você sentiu isso na pele, né?
      Beijos

      12/11/2009 às 23:17

  12. o começo é sempre avassalador, daí com o tempo e a falta de ‘manutenção’ a coisa toda cai na rotina e uma das partes acaba sempre percebendo q aquilo não era o melhor… simples assim!
    bjs

    12/11/2009 às 00:15

    • Menina Misteriosa

      Falando, parece simples.
      Mas na hora de sentir… ah, complica tudo!
      Saudades de você!
      Beijos

      12/11/2009 às 23:17

  13. Nosso começo foi mais ou menos assim mesmo! Mas hj eu sei o porquê do sumiço, da falta de resposta e chamadas não atendidas, sem retorno….é somente pq eu comentei em um blog de um ex namorado, ele viu que eu comentei e ficou possesso e olha que foi comentários bobos do tipo: tecto legal sabe…n sei se fiz bem, mas dei uma intimada, disse que eu o amava mas que isso já tava demais, que se ele n me ligasse até o meio dia de amanhã eu sumiria da vida dele, vamos ver no que vai dar né….

    12/11/2009 às 00:32

    • Menina Misteriosa

      Uau, que história!
      Conta pra gente… o que aconteceu?!

      12/11/2009 às 23:18

  14. As vezes, não adianta se claro para os outros, temos de ser claros para nós mesmos…

    Fique com Deus, senhorita Menina Misteriosa.
    Um abraço.

    13/11/2009 às 23:04

    • Menina Misteriosa

      Sim, Daniel, temos sim. É o que importa.
      Obrigada. Adoro seu carinho!
      Bom final de semana,
      Beijos

      14/11/2009 às 10:31

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s