Vácuo

 

Não havia explicação. Era estranha e mais incômoda que o normal.

Veio de repente, sem avisar. Ela não sabia de onde aquela dor surgia.

Aperto no peito, sensação de sufoco. Vazio.

O que está acontecendo comigo?

Passou noites em claro. As lágrimas corriam soltas e ela deixava. Precisava colocar aquele sentimento pra fora. Seja lá qual fosse.

Só o tempo, eu sei, eu sei. Mas porque, quando queremos agilidade, ele anda tão devagar?!

Ela sabia. Mas, naquele momento, isso não a consolava.

.

[Os buracos negros, assim como outros objetos cuja atração gravitacional é extrema, retardam o tempo significativamente]
Anúncios

39 Respostas

  1. É tão prático saber que o tempo trará as respostas… Pode ser prático, mas não funciona porque o tempo que temos nunca é do tamanho que precisamos.

    “O tempo me espanta. Penso, o tempo é tudo que existe. Todo o resto é ilusão.”

    Esses processos são dolorosos e praticamente eternos, odeio quando me dizem que o tempo cura tudo. É mentira, o tempo não cura nada. O tempo anestesia, habitua, engana a dor. O que cura são respostas, atitudes, posicionamento… E isso requer coragem, que muitas vezes falta.

    “No vácuo de mim eu me despenco. Porque seria preciso também abdicar de mim mesmo para novamente reconstruir-me. Tornar a escolher os gestos, as palavras, em cada momento decidir qual dos meus seus assumir. Já esfacelei meu ser, já escolhi as porções que me são convenientes, esquecendo deliberado das outras”.

    Que teu tempo passe rápido e que a dor não diminua, mas acabe, que as feridas cicatrizem e que os buracos negros tenham uma luzinha lá no fundo.

    Beijo

    18/01/2010 às 01:52

    • Menina Misteriosa

      Sandra,
      Como te disse por e-mail, seu comentário foi precioso pra mim!
      Obrigada! ;)

      22/01/2010 às 11:07

  2. Sil

    Ai..

    Nem me fale, eu bem sei o que é isto…
    Mas me vejo numa luta contra o tempo.. ao mesmo tempo que o quero ver passar, também não quero que passe tanto tempo e esta situação fique como está..

    E então,o que fazer???

    =\

    Bjs

    18/01/2010 às 09:14

    • Menina Misteriosa

      Sil,
      Complexo isso.
      Exigimos demais do tempo, né? Às vezes, queremos que ele ‘voe’; às vezes, que dure pra sempre… acho que estamos deixando o coitado piradinho… rs

      22/01/2010 às 11:08

  3. Eu acho que sou café a vácuo.

    Belo texto.

    Beijos.

    Ivan.

    18/01/2010 às 09:16

    • Menina Misteriosa

      Ivan,
      Entendi a ideia.
      Mas fiquei curiosa: por que café?
      Hum… várias hipóteses: pode ser fraco, forte, descafeinado, tipo exportação, moído… risos… [brincadeirinha, tá?]… Mas que foi uma escolha interessante, foi…

      22/01/2010 às 11:14

  4. Nossa…pior que eu já me senti exatamente assim….ruim demais.

    18/01/2010 às 10:27

    • Menina Misteriosa

      Desabafando,
      É sim. Na hora, parece que nunca vai passar. Mas passa.
      E aprendemos com isso. Mas só conseguimos perceber depois…

      22/01/2010 às 11:22

  5. As lágrimas às vezes surgem sem que saibamos exatamente de onde vêm…e o melhor é deixar que elas escorram e lavem todos os tristes sentimentos que preenchem nossa alma.

    Flor, me deixa triste te ver triste. Espero que fique bem. Logo.

    Estou aqui, não esqueça.

    Um beijo de quem te adora.

    18/01/2010 às 10:40

    • Menina Misteriosa

      Miss,
      Eu estou bem! :D

      Sobre os sentimentos, penso como você. Deixo que venham, que me invadam. Prefiro senti-los e resolver do que deixá-los guardados… porque, lá na frente, posso explodir…

      Sei disso, linda. E sabe que eu estou aqui pra você, né?!

      22/01/2010 às 11:24

  6. É mesmo, o tempo é programado pra fazer tudo o que a gente não quer.

    Bjs reveladores!

    18/01/2010 às 10:42

    • Menina Misteriosa

      Eraldo,
      Às vezes, penso assim. Ou, como eu disse lá em cima, talvez estejamos exigindo muito dele…
      Será?
      o.O

      22/01/2010 às 11:26

  7. J.R

    Ah!

    Coloque um disco pra tocar… Converse com alguém que você goste… Ou um bom filme, ajuda a aliviar.

    Sobre o tempo… Não há muito o que se fazer.

    Beijos!

    18/01/2010 às 10:44

    • Menina Misteriosa

      J.R.,
      Sim, tudo isso é válido. E ajuda. Mas, na minha opinião, num segundo momento.
      Porque, primeiro, o melhor a fazer é se permitir. Sentir. Ter um tempo para pensar e colocar as ideias em ordem.

      22/01/2010 às 11:27

  8. o tempo é relativo.
    mas que ele passa, ah ele passa…isso é incontestável!

    18/01/2010 às 13:00

    • Menina Misteriosa

      Mariah,
      A gente que não percebe… mas com certeza, acontece!

      22/01/2010 às 11:28

  9. Eu de novo

    já descobriu como aceitar o meu colo anônimo?
    sou o mesmo do formspring.me e do twitter

    18/01/2010 às 14:05

    • Menina Misteriosa

      Colo anônimo,
      Ainda não… me explica?!

      22/01/2010 às 11:29

  10. No meu caso, isso se chama ansiedade. Tenho estado assim nos últimos dias… muitas coisas diversas acontecendo simultaneamente, quero dar conta de tudo, não sei por onde começar, e dá uma coisa que não consigo identificar… rs.

    E como eu costumo dizer: “A cada 1 hora que olho pro relógio, só se passaram 5 minutos…” é uma agonia!

    Acho que a melhor forma de lidar com esse vazio é preencher com alguma outra coisa… mesmo que seja quase uma auto-sabotagem isso, mas vale. Andar de bicicleta, assistir filme, reunir amigos pra falar bobeira, qualquer coisa que distraia e ajude a passar o tempo… hehehehe!
    Porque, infelizmente, quando se trata da vontade alheia, não podemos fazer muita coisa. Só podemos trabalhar nossos sentimentos, ou tentar.

    Tomara que isso passe logo, flor! E que o resultado seja muito positivo!

    Beijossss, tenha uma ótima semana! Te adoro!

    18/01/2010 às 14:24

    • Menina Misteriosa

      Sweet,
      No caso da ansiedade, sim. Acho que a distração é necessária, faz bem, diversifica as ideias. Também sou ansiosa, então, entendo bem o que disse.
      Mas se o vazio vai além disso, às vezes, é preciso primeiro senti-lo, tentar entender o que acontece…

      22/01/2010 às 11:31

  11. “Só o tempo, eu sei, eu sei. Mas porque, quando queremos agilidade, ele anda tão devagar?!”

    Menina, eu sei o que você quer dizer… Parece que nada vai acontecer,dá uma sensação de impotência.

    Mas passa. E como passa…

    Bjs!

    =)

    18/01/2010 às 15:08

    • Menina Misteriosa

      Danni,
      No fundo, a gente sabe. Mas, naquela hora, parece que tudo é eterno, né?!

      22/01/2010 às 11:32

  12. Chorar às vezes faz milagres por nós. Chore! Coloque para fora o que te aperta o peito.

    Beijo rouge

    Dani

    18/01/2010 às 15:25

    • Menina Misteriosa

      Dani,
      Penso como você.
      E, neste quesito, não tenho problemas… choro, grito, ponho pra fora mesmo… depois, pelo menos, me sinto mais leve!
      ;)

      22/01/2010 às 11:33

  13. Tem colo e cafuné, aqui, florzinha. Não esquece, viu?

    Ah, uma coisa importante : sem perguntas, apenas atenção para ouvir. Acho que, em momentos assim, precisamos de alguém que ouça o que temos a dizer (ou não), sem questionar nada.

    Beijos, dois.

    ℓυηα

    18/01/2010 às 18:34

    • Menina Misteriosa

      Luna,
      Sei disso, linda… obrigada!
      Sim, você entende… você sabe…
      Tks!

      22/01/2010 às 11:37

  14. A solidào e o vazio são minhas constantes companhias, ainda mais qd a noite cai!
    A razão? perdas, decepções, indiferença…
    O bom saber que nada é eterno e logo o tempo que não cura nada tira essas questões do foco e trás outras.

    18/01/2010 às 21:38

    • Menina Misteriosa

      Fabi,
      Tudo muda. O tempo todo. E numa velocidade impressionante.
      Muitas vezes, precisamos é estar mais atentos…

      22/01/2010 às 11:39

  15. Dil Santos

    Oi Menina, como está?
    Tô me sentindo assim esses dias.
    O amor é lindo realmente, quando estamos em sintonia fica melhor ainda.
    Eu estou ficando bem, nada como o tempo pra ajudar.

    Bjos
    :)

    18/01/2010 às 21:47

    • Menina Misteriosa

      Oh, Dil… como você está, meu amigo?!
      Se quiser um abraço, um colo, um ombro… sabe que estou aqui, né? Sabe que pode contar comigo, não sabe?!
      Torço muito por você. Para que fique bem logo!
      (receba meu abraço bem apertado e cheio de carinho…)

      22/01/2010 às 11:41

  16. nunca consola…
    mas a ‘melhor’ parte dessa dor é q ela acaba.
    bjs

    19/01/2010 às 02:53

    • Menina Misteriosa

      S.,
      E, quando acaba, a gente consegue olhar tudo de forma diferente. E, assim, percebe o que estava ali o tempo todo, descobre, explora… é um reencontro!

      22/01/2010 às 11:42

    • verdade…
      bjs

      22/01/2010 às 14:50

  17. O tempo resolve qualquer problema quando não consiguimos resolvê-los, mas resolve no tempo necessário. E isso não podemos mudar de forma alguma.
    Basta esperar.
    Beijo

    19/01/2010 às 16:37

    • Menina Misteriosa

      Daniel,
      Sim, sim.
      Esperar e acreditar. Da melhor forma possível!
      ;)

      22/01/2010 às 11:43

  18. É, eu estou assim ultimamente, no vácuo.

    22/01/2010 às 21:09

    • Menina Misteriosa

      “Se”,
      Estar assim é uma meleca, né?!
      Mas, acredite, passa!
      Fique bem…

      23/01/2010 às 12:32

  19. Pelo jeito, é saudades, te entendo bem…

    Fique com Deus, senhorita Menina Misteriosa.
    Um abraço.

    01/02/2010 às 20:50

    • Menina Misteriosa

      Sim, você me entendeu mesmo.
      É um misto de saudade, dúvida…
      Mas tudo se acerta!
      :)

      01/02/2010 às 22:36

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s