O cisne dorme e a borboleta é, sim, azul.

.

…………………………………………………………………………………………………………… Você me viu sorrindo

……………………………………………………………………………………………………………………………….. Você me viu chorar

…………………………………………………………………………………………. Você me viu chorar sorrindo

………………………………………………….Você me viu!

.

……………Eu não te conheço
……………mas eu sei você
.
……………No vai e vem dos elos
……………dos medos
.
……………e das coincidências
……………que não existem
……………mas estão aqui e ali
……………………………………………………destino!
……………pra quê explicar?
……………………………………………………eu quero entender

.

.

………………………………………………………………………………………………….“Descobertas, vontades, quedas, tropeços.
…………………………………………………………………………………………………….Certo, errado, tudo, nada, sempre, nunca,
……………………………………………………………………………………………………………………………..recomeços.
…………………………………………………………………………………………………..Entende, conhece, reconhece, compreende,
…………………………………………………………………………………………………………………………..[re]compreende.
……………………………………………………………………………………………………..Chora, baixo; ri, alto; rola, nas estrelas,
…………………………………………………………………………………………………………………………….cadentes….
………………………………………………………………………………………………………..As coisas tomam formas, sorrisos,
……………………………………………………………………………………………………………..As coisas tomam formas, cabelos,
………………………………………………………………………………………………………Contos, pelos cantos; explico!; precisa?
………………………………………………………………………………………………………….Eu confesso, eu me emociono, eu confio
……………………………………………………………………………………………………Com vocês, crio histórias para “não” serem
…………………………………………………………………………………………………………………………..contadas [?]
………………………………………………………………………………………………………… [duvido] [divido] só com e para vocês” *

.
.

É uma intimidade entre estranhos?

Identificação

…………………. com vinho, cerveja, espumante

…………………. música

…………………. bichos?

…………………………. Sentimentos

Ideias

………. arranhadas

……………………………………………… rasgados

.

Quantos furos na orelha

e mergulhos no mar?

Com ou sem mordidas? Com!

Whisky.

Out? Back!

Venda. Faxineira.

Ela viu? Sim! Ouch!

.

Eu pensei

e você disse

.

Mas apenas eu chorei

e, até chorando, eu sorrio

.

[cadê o anjinho? uso indevido!]

.

♫♪♫

– Você toca?! Eu canto! [1]

– Você canta?! Não sabia! [2]

– E você? [3]

– Eu? Acrílico e Lego. Com zoom. E eu caio. [2]

– Eu mordo. [1]

– Eu não me lembro. [3]

♫♪♫

.

[no zoo, é mais difícil; eu corri, não enquadrei!]

De cabeça para baixo?

.

Não! No centro!

De onde? Do Sul!

Hemisfério?

Com os nicks!

Eu, sem.

.

……………………………………………………………………………………………………………… “keep smiling, keep shining…”
……….……………………………………………………………………………. sem saber, sem combinarmos, estávamos ouvindo-a, ……………………………………………………………………………………………………………….de novo, quase ao mesmo tempo…
………………………………………………………………………………………………………………..[do ‘quase’, temos tudo … chills!]

.

.

[lá fora, eles me chamam; não entendem e questionam porque vim, porque precisava tanto escrever ~ simplesmente, por ter os pensamentos borbulhando, confusos e misturados, aqui dentro… agora, pronto… posso voltar para a realidade que grita e que eu quero descobrir, sentir, experimentar…]

.

:: Texto elaborado à seis mãos; eram três mentes, devaneando… e a obra-prima do post*, foi uma participação mais que especial; não só em pensamentos, mas na forma escrita, literal e sentida. ::

.

Anúncios

47 Respostas

  1. Menina Misteriosa

    Depois de ler tanta loucura, que tal algo um pouco mais ‘normal’?

    ✔ Hoje, estou, no Céu, em: ‘Miscelânea Cinematográfica [vamos fazer uma sessão juntos?]’ – e te faço um convite / pedido: diz pra mim… quais seriam seus ‘Top 5 Filmes’? [e não precisam ser só 5, tá?]

    http://aceuabertodaboca.blogspot.com/2010/04/miscelanea-cinematografica-vamos-fazer.html

    ✔Conheça um pouco da poesia do Yuri, que, assim, me viu: “… uma Menina que escreve com batom No vidro de um blog com letras carmins…”

    http://poesiadofelix.blogspot.com/2010/04/profeta-gentileza.html

    07/04/2010 às 15:23

  2. Menina

    Achei interessante o texto a muitas mãos, porque o legal foi ver a sintonia entre tantas mãos. Às vezes nem nossas duas mãos não tem tanta sintonia assim…

    Agora, por exemplo, preciso pintar meu cabelo e acho que minhas duas mãos não tem sintonia suficiente para fazerem isso. Eu tinha uma pessoa que me ajudava e essa pessoa não está mais aqui… então não sei como me sairei quando chegar na parte de trás…. Felizmente meu cabelo tá mode Joaozinho, e acho que não será tão difícil, mas como tô pintando de roxo há algum tempo, imagino que ficarei com o pescoço roxo por algumas semanas… rs

    Mas o mais legal de tudo é que não são as mãos que sintonizam, são as mentes. E nada mais interessante que ter mentes que sintonizam com a nossa, quando muitas vezes a nossa mesmo nos boicota…

    Enfim, acho que estou escrevendo muitas bobagens hoje e minha mente está me boicotando.

    Vou te deixar um presente e escrever a quatro mãos.

    Há um autor que amo até morrer, Walt Whitman:

    1

    Eu celebro a mim mesmo, e canto a mim,
    E o que assumo, tu assumes,
    Pois todo átomo pertencente a mim também pertence a ti.

    Vagueio e convido minha alma,
    Me curvo e vagueio à vontade e observo uma haste de grama do estio.

    Minha língua, todo átomo de meu sangue, formado deste solo, deste ar,
    Nascido aqui de pais nascidos aqui de pais daqui, e seus pais também,
    Eu, trinta e sete anos, em perfeita saúde inicio,
    Esperando não cessar até a morte.

    Credos e escolas suspensos,
    Recuando um momento satisfeito com o que são, mas nunca esquecido,
    Ancoro para o bem ou mal, permito falar sob todo risco,
    Natureza sem controle com energia original.

    […]

    Walt Whitman, um kosmos , de Manhattan o filho,
    Turbulento, carnudo, sensual, refestelando, farreando, procriando,
    Não sentimental, não superior a homens e mulheres ou à parte deles,
    Não mais modesto que imodesto.

    Soltai as fechaduras das portas!
    Soltai as próprias portas de seus umbrais!

    Quem degrada a outro degrada-me,
    E o que for feito ou dito retorna por fim para mim.

    A inspiração me atravessa pulsando cada vez mais, por mim passam o fluxo e o índice.

    Eu digo a senha primeva, dou o sinal da democracia,
    Por Deus! Nada aceitarei que todos não tenham a contraparte nos mesmos termos.

    52

    O falcão pintado arremete e me acusa, se queixa da minha lábia e vadiagem.

    Também não sou nem um pouco manso, também sou intraduzível,
    Lanço meu bárbaro alarido sobre os telhados do mundo.
    A última ventania do dia refreia-se por mim,
    Lança minha imagem após as outras e verdadeira como qualquer outra sobre a selva sombria,
    Convence-me para o vapor e o poente.

    Parto como o ar, agito meus cachos grisalhos ao sol fugaz,
    Transbordo minha carne em turbilhões, e a arrasto em recortes rendados.
    Entrego-me ao solo para brotar da relva que amo,
    Se me quiseres de novo, procura-me sob as solas dos teus sapatos.

    Dificilmente saberás quem sou ou o que significo,
    Mas serei boa saúde para ti não obstante,
    E filtro e fibra em teu sangue.

    Mas, se não conseguires me encontrar, não desanimes,
    Errando um local busca em outro,
    Em algum lugar estarei a tua espera.

    (Walt Whitman – fragmentos de “Song Of Myself” in Leave Of Grass)

    Beijo

    07/04/2010 às 15:37

    • Menina Misteriosa

      Sandra,
      Não falou nenhuma bobeira. Pelo contrário, captou muito bem a essência!
      “Transbordo minha carne em turbilhões, e a arrasto em recortes rendados”… perfeito!
      Adoro suas visitas!
      Muito, muito obrigada!

      09/04/2010 às 19:20

  3. Pois eu adorei a forma como esse texto foi escrito. Ficou lindo!

    07/04/2010 às 15:44

    • Menina Misteriosa

      Desabafando,
      Se você soubesse o tempo que eu demorei para descobrir como fazer e depois para conseguir que ele ficasse assim… Ufa!
      Obrigada por reparar!
      =D
      beijo!

      09/04/2010 às 19:22

  4. Vc e as meninas do Céu também estão convidadas a julgar um de nossos desafios. A participar tbé, claro!

    Já acerta com elas para um provável júri assim q eu definir melhor o cronograma. Que tal um Especial?

    Bjin, delícia das minhas leituras.

    07/04/2010 às 15:53

    • Menina Misteriosa

      Moço encantador,

      Tentei falar com você pelo gtalk, mas não consegui!
      Precisamos conversar sobre isso!
      [mas adianto que amei o convite…]

      Um beijo e obrigada!

      09/04/2010 às 19:23

  5. Uau!!! A confusão acaba fazendo sentido. E o mais legal é que quantas vezes se lê quantas são as interpretações (das palavras, dos sentimentos e das ações).
    Lindo!

    beijo rouge

    Dani

    07/04/2010 às 16:08

    • Menina Misteriosa

      Dani,
      Até comigo acontece isso, sabia?!
      Parece que eu nem vivi… porque, a cada vez que leio, sinto algo diferente…
      Beijo!

      09/04/2010 às 19:25

  6. Posso colaborar, também, com suspiros, enviados daqui do finzinho do mapa?

    Posso?! Obaaaaaaaa! Lá vão eles, então…

    ^^

    Beijos, docinho. Adoro teus devaneios, adoro!

    ℓυηα

    07/04/2010 às 19:39

    • Menina Misteriosa

      Luna,
      Pode não! Deve! E não só com suspiros, mas com muito mais!!!!!!!!
      Topa?!
      Beijo!

      09/04/2010 às 19:26

  7. Nossa, foram tantas palavras lançadas ao acaso que eu me perdi em pensamentos. Adorei, confesso que gostei bastante mesmo, mas não consegui juntar tudo e formar uma opinião. Você dificultou rsrs
    Beijos

    07/04/2010 às 22:29

    • Menina Misteriosa

      Daniel,
      A ideia era dificultar mesmo. E, ao mesmo tempo, permitir que cada um leia o que quiser…
      Sabe que sua opinião é, sempre, muito importante pra mim, né?!
      Obrigada!
      Beijo

      09/04/2010 às 19:28

  8. Adorei a disposição das ideias no espaço. Muito criativo, minha linda!
    Bjkas, muitas!

    07/04/2010 às 23:50

    • Menina Misteriosa

      Sônia,
      Criatividade é com você!
      Sou apenas uma aprendiz…
      Beijo!

      09/04/2010 às 19:29

  9. Gostei. A idéia é repassada e se materealiza logo ali adiante.
    Muito bom.

    08/04/2010 às 01:33

    • Menina Misteriosa

      Paulo,
      Gosto da forma como você me lê. Você consegue me ver, sinto.
      beijo!

      09/04/2010 às 19:32

  10. Quer saber?

    ou…

    Querem saber?

    …………………..deu medo
    …………………..deu meda
    …………………..deu Midas

    Lego.

    Meus cumprimentos para vocês.
    Meus fragmentos para vocës.

    Mas que deu medo, deu…

    08/04/2010 às 01:40

    • Menina Misteriosa

      Miltextos,
      Aceito os fragmentos. E o medo, nem precisa… sou louca, mas não sou perigosa! ;)
      Mas o melhor foi como seguiu a forma de expressão do texto! Amei!
      Gosto quando vem me visitar…
      Um beijo!

      09/04/2010 às 19:33

  11. Deu um nó na minha cabeça, mas eu gostei assim, do jeito que está escrito, porque meu pensamento se contrói com um turbilhão de palavras.

    Beijo!

    08/04/2010 às 01:44

    • Menina Misteriosa

      Alline,
      Essa foi a intenção.
      Do jeito que as palavras vieram eu as dispus. Jogadas, confusas; harmônicas no sentido que eu criei, ou que cada um que ler possa criar!
      beijo!

      09/04/2010 às 19:35

  12. poisé, chorar sorrindo é bom, só chorar faz bem pra alma e sorrir é o melhor remédio pra tudo…
    e eu tenho 4 furos nas orelhas, queria mais, só q falta coragem pra encarar a dor, chega de sofrimento… por outro lado essa semana vacino e faço tatuagem… contraditória? não, só tentando fugir de algumas coisas.
    bjs

    08/04/2010 às 02:06

    • Menina Misteriosa

      S.,
      Agora tem que contar mais sobre a tatuagem… fez mesmo?
      [4 furos? sério?]

      09/04/2010 às 19:44

    • 4 furos, até queria mais, só q falta coragem… :(
      a tatuagem vou fazer ainda esse mês, depois te mostro.
      bj

      12/04/2010 às 20:46

  13. Engraçado…

    Outro dia eu li um post da Luna dedicado a você, que justamente falava do caos construtivo.

    A Luna propôs, e você demonstrou a serenidade do caos!

    Amei!!!

    Bjs!

    08/04/2010 às 09:42

    • Menina Misteriosa

      Eraldo,
      A história desse post da Luna é engraçada: eu o roubei, literalmente.
      Amei a ligação que fez. Seria isso mesmo. Como se o vento tivesse invadido e misturado minhas ideias e sentimentos!
      Perspicaz, você!
      Um beijo!

      09/04/2010 às 20:02

  14. Minha queridíssima amiga, como está?
    Menina, fiquei sem palavras pra dizer o q achei. Tá mentira, eu ficar sem palavras é complicado né? kkkkkkkkkk
    Ficou explêndido, a 6 mãos fizeram algo magnifíco.
    Ficou belo, delicado, ai tanta coisa ,rsrs.
    Então, vc sabe q sempre estou inspirado e amando fico mais ainda.
    Sobre o último post, eu fiquei comovido com a história dele, eu senti que precisava escrever, por mim, por ele e por tantas pessoas que perdem a cada minuto pessoas queridas. Eu perdi o meu avó, q eu o tinha como meu pai e foi muito difícil, mas Deus ajudou a mim e a minha família a superar essa dor.
    Um bjo minha querida
    :)

    08/04/2010 às 13:42

    • Menina Misteriosa

      Dil,
      Ainda bem que você mesmo confessou: você sem palavras, nunca!
      Tem muita coisa ai mesmo, viu, meu amigo?! Depois te conto! ;)
      Sua inspiração me fascina e é algo, sempre, cativante!
      Adorei a homenagem que fez!
      Um beijo

      09/04/2010 às 20:45

  15. As três mentes devanearam de forma borbulhante! Beijo, MM!

    08/04/2010 às 14:19

    • Menina Misteriosa

      Alta,
      Você que já participou do devaneio de sete mentes juntas consegue entender bem, né?
      Um beijo!

      09/04/2010 às 20:46

  16. Sempre é bom vir aqui, ler e comentar… as vezes só ler, outrora entender, aprender…
    Mentes que se misturam fazem mais de um tanto que seria solitário…

    Deixo beijo pra ti…

    08/04/2010 às 16:33

    • Menina Misteriosa

      Mago,
      Bom ter você, aqui, de volta!
      Beijo!

      P.s.: quando tiver post novo no seu blog, me avisa pelo twitter? ainda não consigo segui-lo pelo google reader…

      09/04/2010 às 20:47

  17. Ju

    Eu SI divirto aqui!!! rsrs
    Tenho que confessar que também fiquei impressionada com tanta sintonia… =)
    Beijos!!!!

    09/04/2010 às 00:37

    • Menina Misteriosa

      Ju,
      Eu também!
      E ainda tem mais, acredita?!
      beijo!

      09/04/2010 às 20:48

  18. MissUniversoPróprio

    Olha olha, depois que eu te apertar as bochechas, não reclama, heim?

    Fofura! >,<

    Amei, flor!

    ;)

    =**

    09/04/2010 às 11:19

    • Menina Misteriosa

      Miss,
      Você é um encanto… o que dizer?! Fico sem palavras…
      Beijo!

      09/04/2010 às 20:52

  19. Eu adoro essas palavras escritas assim, pra la, pra cá, desconstruídas, reconstruídas…

    Ficou sensa! \o/

    10/04/2010 às 16:47

    • Menina Misteriosa

      Carol,
      Obrigada!
      Arrisquei nesse estilo novo… fico feliz em saber que gostou!
      [aprendi com a Ju Sandres…]
      Um beijo!

      12/04/2010 às 01:42

  20. Gostei do formato e da leitura, pareciam ondas no mar … e eu adoro o mar!

    10/04/2010 às 16:47

    • Menina Misteriosa

      Monday,
      E se deixou levar?
      ;)

      12/04/2010 às 01:43

  21. Ju

    Quando não tem nada pra [te] ler, eu [te] releio… =P

    10/04/2010 às 17:19

    • Menina Misteriosa

      Ju,
      Você, como sempre, doce e carinhosa!
      Obrigada!
      :)

      12/04/2010 às 01:43

  22. às vezes vc escreve o que eu queria dizer e não consigo. acho tão interessante isso…bj

    13/04/2010 às 01:55

    • Menina Misteriosa

      Iaiá,
      Isso, vindo de você, me deixa muito, muito feliz!
      Gosto dessa sintonia!
      Saudades de ti…
      Um beijo!

      13/04/2010 às 02:17

  23. Anda com o eu lirico bem apurado, sendo que ficou bom.

    Mas o que isto se deve?

    Fique com Deus, senhorita Menina Misteriosa.
    Um abraço.

    27/04/2010 às 00:39

    • Menina Misteriosa

      Daniel,
      Eu lírico? Nem sempre…
      A loucuras conjuntas.

      27/04/2010 às 01:30

  24. Ju

    Deu saudades… Passei e fiquei… ;)
    Bjos!!

    18/06/2010 às 10:50

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s