Não fale sobre mim. Negue que existo.

.

Foi assim que aprendi a ser. Fantasiando-me de você. Em você. Escondo, corrôo, disfarço. Olhos abertos, pretos, delineados. Farsa. Meu esconderijo? Mais fundo. Lá, onde não se lê. Nem com os olhos limpos. Lá, onde não se vê. Nem com os olhos cegos. Subterfúgios aparentam brilho e sorrisos. Mentira. O dentro está quebrado, frágil. Quanto mais forte quiser ser, mais te engulo. Quanto mais quiser sorrir, mais te choro. Quanto mais me esconder, mais te mostro. Só pra mim. Os outros a verão tela, pintura. Perfeição remendada, pelo avesso. Só eu, daqui, de você revirada, vejo a costura. Esgarçada. Puxo o fiapo, ameaço romper. Casca. Você, amedrontada, tenta me conter. Sufocada. Sem choro. Iludida, deixo-te correr. Pro nada. Esgazeados, só eles sabem, sem saber: sou seu maior medo.

.

Anúncios

39 Respostas

  1. M.V.

    Bom dia

    01/12/2010 às 02:43

    • Menina Misteriosa

      Meu companheiro de madrugadas. Mesmo que seja em silêncio. E de perto, bem perto.

      02/12/2010 às 09:57

  2. Mas quando a gente sobrevive a um medo, ficamos mais fortes…

    Se cuida menina.

    Fique com Deus, senhorita Menina Misteriosa.
    Um abraço.

    01/12/2010 às 03:15

    • Menina Misteriosa

      Daniel,
      A gente sobrevive mesmo sem enfrentá-lo. Admitir já é um passo, né?

      02/12/2010 às 09:58

  3. Possessão?!

    01/12/2010 às 10:08

    • Menina Misteriosa

      Daniel,
      Que é possessivo, não tenho dúvidas. Mas é inanimado.

      02/12/2010 às 10:01

  4. Muito bem-vinda de volta. Estava com uma imensa saudade de ler essas tuas linhas que tanto escondem, mas que, ao mesmo tempo, tanto mostram.

    Love.

    Ps. Estou aqui pra você, sempre, viu? Vc sabe. [ CTR, claro. ] :P

    Miss

    01/12/2010 às 10:12

    • Menina Misteriosa

      Obrigada, Miss! ;)
      Você sabe me ler…

      Beijo

      02/12/2010 às 10:03

  5. Medo a gente só tem de mulher feia, o que não é o seu caso, baby…rs
    Mas as palavras estão perfeitamente construidas, um dos melhores “seus” que já li.
    Beijo.

    01/12/2010 às 12:35

    • Menina Misteriosa

      Obrigada, Moska!
      Mas, quanto ao medo, temos mais.
      Beijo

      02/12/2010 às 10:06

  6. Às vezes quanto mais no íntimo, mais exposto. É como a clarividência da cegueira, coisa que se revela em uma esfera diferente, pessoal e intransferível.

    Tão bom te ler de novo, irmãzinha…tantas saudades daqui!

    Love!

    =**

    ℓυηα

    01/12/2010 às 13:15

    • Menina Misteriosa

      Lu, como eu disse pra Miss: você me sabe! ;)

      Beijo

      02/12/2010 às 10:18

  7. \o/

    Nunquinha que vou dizer que nao te conheço, ta louca?

    Nao se esconda, volte, para a tertúlia bloguística.

    To aqui, ali, acolá, é só chamar!

    bjos ;** amiga!

    01/12/2010 às 13:42

    • Menina Misteriosa

      U&E,
      obrigada pelo apoio de sempre!
      beijo!

      02/12/2010 às 10:39

  8. Curtinho e forte. Bem mandado!

    Cada um sabe o que tem por dentro, ou não.

    Abraços.

    01/12/2010 às 13:46

    • Menina Misteriosa

      Acho que, no fundo, a gente sabe, Fábio. Mesmo que pareça que não. Daí, uma hora, a gente descobre. Ou não.
      Beijo!

      07/12/2010 às 08:44

  9. QUEM TEM MEDO DE QUEM?

    01/12/2010 às 13:51

    • Menina Misteriosa

      Gustavão, fora do contexto e do texto, você bem sabe.
      Dentro, bom… é outra história.

      07/12/2010 às 08:44

  10. Heru_sa

    Lindo texto, misterioso e inspirador como a Autora.

    01/12/2010 às 15:41

    • Menina Misteriosa

      Já disse que quero beber da sua fonte de inpiração, né, Heru_sa? Diretamente dos seus textos.
      Beijo

      07/12/2010 às 08:46

  11. Noh

    Maior medo
    o que nos faz ficar cada vez mais perto.

    Obrigada pela visita Menina Misteriosa

    Noh

    02/12/2010 às 11:43

    • Menina Misteriosa

      Seja bem vinda, Noh!
      =)

      07/12/2010 às 08:48

  12. Deixa ele ser
    mais ele mesmo
    enquanto finge que não te sabe
    que não te vê.

    :)

    E vou comentar o quê, Menina misteriosa?

    Saudade de ti!

    beijo

    02/12/2010 às 23:39

    • Menina Misteriosa

      Saudades, Aninha!
      Deixar é a chave. Da porta da frente. ;)
      Beijo!

      10/12/2010 às 10:23

  13. Sou você.

    03/12/2010 às 17:47

    • Menina Misteriosa

      Se conseguir nos entender, me explica? ;)
      Seja bem-vindo, Tiago!

      10/12/2010 às 10:26

  14. Menina, tu me intrigas. Te observo, tuas palavras vigorosas, teus mistérios.
    É provável que não te saiba, mas te gosto.

    Beeeeeeeijo ensolarado ;)

    03/12/2010 às 23:23

    • Menina Misteriosa

      Li, que delícia ler isso. Obrigada!
      Gosto de ti também.
      E um pouquinho do mistério você já desvendou, né?
      Um beijo!

      10/12/2010 às 10:27

  15. Passando pra te deixar um beijo, e te agradecer por tudo…sempre.

    Love.

    Miss

    04/12/2010 às 00:38

    • Menina Misteriosa

      Te amo, Miss!
      =*

      10/12/2010 às 10:30

  16. A imagem que tive foi o de uma linda borboleta renascendo para o mundo e não de um pesadelo.
    Beijos linda.

    07/12/2010 às 08:32

    • Menina Misteriosa

      Obrigada, Dea. Fez toda a diferença.
      Beijo

      10/12/2010 às 10:31

  17. Genial. Quem nunca enfrentou a sinceridade de um espelho. Sozinhos, face a face. O medo faz florescer a verdade, que muitas vezes, não deveria ser tão temida assim. Bjus!

    09/12/2010 às 10:07

    • Menina Misteriosa

      Aceitar o medo é o começo.
      Volte sempre, Tiago!

      10/12/2010 às 10:34

  18. nem me fala de medo… meu maior defeito.
    bjs

    11/12/2010 às 04:24

    • Menina Misteriosa

      S.,
      o ponto é achar o equilíbrio. tudo em excesso incomoda.

      Beijo

      03/01/2011 às 13:52

    • equilíbrio???
      o q é isso?

      03/01/2011 às 17:59

  19. É (a parte de se torna mais forte)…

    Se cuida menina.

    Fique com Deus, menina.
    Um abraço.

    19/12/2010 às 17:08

    • Menina Misteriosa

      Aos pouquinhos, Daniel. Tenho muita vontade. Mas, aqui, não cabe a pressa. E assim, vamos…

      Beijo

      03/01/2011 às 13:53

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s