Quando a engrenagem precisa de uma azeitada extra para funcionar

.

Uéliton era o típico nerd, solitário e inexperiente. Dono de uma lojinha de conserto e venda de computadores, num bairro tranquilo daqueles que parecem cidade do interior. Perdeu a inocência com  […]

.

Para ler o resto da história, vem comigo… Meu conto, hoje, foi publicado aqui!

.

Anúncios

15 Respostas

  1. adorei M.M!hahahahaha

    08/02/2011 às 12:42

    • Menina Misteriosa

      Obrigada, Mari!
      Fico feliz em, pelo menos, não ter te assustado!
      Beijo

      20/02/2011 às 23:19

  2. adooooooro nerds!
    mas é fato q eles também tem seu lado excêntrico…
    aliás, quem não tem? rs

    08/02/2011 às 15:22

    • Menina Misteriosa

      S.,
      te confesso que a “não normalidade” pode ser um convite!
      Beijo

      20/02/2011 às 23:19

    • sempre…

      20/02/2011 às 23:48

  3. heru_sa

    Essas coisas que acontecem por aí, é o que dá aos contos a verossimilhança.

    Valeu!!!

    Bjs.

    08/02/2011 às 19:00

    • Menina Misteriosa

      Heru_sa,
      Que bom que está de volta!
      Essas coisas, mais um pouco de perversão e imaginação… rs
      Beijo

      20/02/2011 às 23:20

  4. Ameiiiiiiiiiiiiiiiii

    bejossssssssssss

    08/02/2011 às 20:53

    • Menina Misteriosa

      Obrigada, Noh!
      Beijo

      20/02/2011 às 23:20

  5. Bloody Mary… ou melhor, Bloody Jandira. Excelente contribuição! Bjus!

    09/02/2011 às 02:28

    • Menina Misteriosa

      Gostei do trocadilho, Tiago!
      Obrigada!
      Beijo

      20/02/2011 às 23:21

  6. Paulo Fernandes

    Sangrento… hehe

    Pior de tudo é o cheiro de molho de cachorro-quente estragado que fica impregnado por dois dias após a transa. Éca.
    Ao menos flui que é uma beleza. :D

    Gosto dos teus contos.

    Abraços.

    10/02/2011 às 20:42

    • Menina Misteriosa

      Paulo,
      Senti um cheirinho de história aí?

      Obrigada! Beijo!

      20/02/2011 às 23:22

  7. Realmente é uma experiência diferente tal tipo de transa, mas ser traz prazer, por que não?

    Fique com Deus, senhorita Menina Misteriosa.
    Um abraço.

    13/02/2011 às 00:07

    • Menina Misteriosa

      Daniel,
      Quem somos nós para julgar, não é?
      Beijo

      20/02/2011 às 23:22

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s