Quando eu me chamar saudade

.

gosto quando os minutos e as horas transcorrem como numa alucinação.

não é isso que acontece agora.

.

Cansei de ficar lá dentro. Cansei de ficar no carro. Cansei até de ficar no boteco que fica em frente. Já ouvi a história da Ingrid e do Fernandinho. Já tentei ler sobre as sombras. Já as senti. Sentada num murinho de concreto do estacionamento, eu tento distrair quem está esperando comigo. Mas não consigo deixar de perceber cada rosto triste que sai de lá. Mesmo que eles saiam sorrindo. Tudo que vejo ali é tão pesado. Tenho abraços e mãos dadas. Tenho tudo. Mas, agora, nada. Eu quero notícias. Ou o poder de trocar de lugar com ele. Ou a certeza de que tudo vai ficar bem.

.

Ele me disse, chorando, que estava com medo. Pediu que eu não contasse a ninguém. Confidenciou que fala comigo por saber que sou forte. E me pediu para segurar as pontas de todo mundo.

.

Na hora do eletro, a moça pediu que ele esvaziasse os bolsos, tirasse relógio e tudo mais que pudesse interferir no exame. Junto com a carteira e o celular, em um dos bolsos, estava um terço.

– Desde quando você carrega um terço?

– Encontrei hoje, na hora do almoço, no quarto que a mamãe ficava. Deve ter caído, quando tiramos as coisas dela. Como estou cheio de problemas na empresa, eu o peguei e pensei: vou levá-lo para o escritório, assim minha mãe me protege e me ilumina. Guardei o terço e, antes de voltar pro trabalho, aconteceu o que aconteceu e vim parar aqui.

Alguém rangeu algo entre os dentes, insinuando que o terço estava amaldiçoado ou coisa assim.

Mas eu sei que não há “uruca”. Eu sei o que ela queria. Eu sei.

.

Ainda não chorei. Ainda não gritei. A angústia está, aqui, entalada. E quando eu achei que poderia respirar, preciso ser mais forte do que imagino.

Mais alguém precisa de mim.

.

Não para de chegar gente. Todos torcendo por ele e se emocionando.

É bonito tanto bem querer. Apesar de triste, pelo momento.

.

“aquela fé dos que ainda podem contar os anos nos dedos das mãos” deu lugar a

“olhos de névoa e de perda sempre olhando pra trás”

 

.

Anúncios

22 Respostas

  1. Li isso

    e escrevi isso aqui:

    “é assim que a gente diz adeus:
    sem querer, até sem perceber…
    E diz adeus
    porque nada mais há pra dizer.
    …adeus.”

    bonito e triste.

    Beijos.

    17/02/2011 às 22:15

    • Menina Misteriosa

      Um foi dito antes, na lembrança do depois.
      Lindo, Ana. Obrigada!
      Beijo

      20/02/2011 às 23:37

  2. Emocionante o post, real e vivido (portanto espero que o rapaz esteja bem)…

    Fique com Deus, senhoria Menina Misteriosa.
    Um abraço.

    17/02/2011 às 23:25

    • Menina Misteriosa

      Um está, Daniel. Só um. =(

      20/02/2011 às 23:38

  3. pra que angústia, se existe a augusta?

    18/02/2011 às 07:09

    • Menina Misteriosa

      Não sei se o porque cabe aqui, Mayer.
      Um abraço, sei que conforta. Mas não faz passar.

      20/02/2011 às 23:39

  4. Desejo ardentemente que esta história bonita e triste seja ficção.Se não for são mais uma vez os ciclos correndo e que devemos aceitar com serenidade. Um beijo minha linda

    18/02/2011 às 08:06

    • Menina Misteriosa

      Ah, quem me dera, Dea…
      Sim, são os ciclos.
      Obrigada… um beijo.

      20/02/2011 às 23:49

  5. Não chegue ainda…
    Meus braços ainda precisam ter você pra abraçar.
    Meu choro ainda precisa do teu colo.
    Meus olhos ainda procuram a segurança dos seus.

    Saudade… ainda não.

    Fica bem, e não esquece que é só chamar.

    Beijo

    18/02/2011 às 10:59

    • Menina Misteriosa

      Fê,
      Tão perfeito isso que você escreveu… obrigada!
      Mas tem horas que, mesmo a gente não querendo, a saudade insiste em chegar.
      Beijo

      20/02/2011 às 23:51

  6. Pingback: Tweets that mention Quando eu me chamar saudade « Menina Misteriosa -- Topsy.com

  7. Hoje estou no lugar dele, dando trabalho aos que amo e que me amam também. Dia 01/03 a reunião dos que me amam acontecerá no Hospital Samaritano. Estando do lado de cá, digo que sua força é muito importante e que chorar, sentir medo e dor jamais te tornará fraca, apenas mostrará o seu amor.

    Só não esqueça que respirar é o que irá te manter viva.

    18/02/2011 às 12:25

    • Menina Misteriosa

      Cynthia, não veja isso como trabalho. Você não faz ideia do quanto é importante sentirmos que, de alguma forma, podemos ajudar. Mesmo que seja só com presença. Só com um abraço.
      Obrigada pelas palavras.
      E me diz, o que está acontecendo com você?
      Beijo

      21/02/2011 às 00:08

  8. Sabe, flor, às vezes, quando se pensa que se é fraco, aí sim, é que a força parece brotar das entranhas e tomar o lugar do medo.

    Tenho certeza de que tudo ficará bem. Não haveria sentido ser de outra forma.

    Love. Sempre. #CTRF

    18/02/2011 às 16:35

    • Menina Misteriosa

      Miss, bom é ter, ao nosso lado, pessoas que nos dão a mão – mesmo que de longe – nessas horas e nos “carregam de força”.
      Obrigada por tudo.
      Beijo

      21/02/2011 às 00:28

  9. A saudade maior que sente é a mãe. Tanto que fez de tudo, e conseguiu trazê-lo pra perto.

    Belíssimo, linda! Belíssimo!

    18/02/2011 às 16:53

    • Menina Misteriosa

      Fernando,
      Até me arrepiei ao te ler.
      Mas, em um dos casos, a mãe ficou aqui. Com eterna saudade.
      Bom receber sua visita, de novo.
      Obrigada.
      Um beijo

      21/02/2011 às 00:30

  10. medo!
    já passei por isso e sei o q é ter q ser forte sem saber como.
    espero q esteja tudo bem, precisando é só gritar, a gêmea está aqui e vai voando.
    bjs

    21/02/2011 às 00:19

    • Menina Misteriosa

      S.,
      Em matéria de ser forte, tenho muito a aprender contigo!
      Obrigada, linda! De verdade. É muito importante esse carinho.
      Um beijo

      21/02/2011 às 00:47

    • até parece…
      vc é forte!!!
      bjs

      21/02/2011 às 01:01

  11. Sem ter o que dizer.Apenas sinto o que você tá sentindo.

    Acredite.

    24/02/2011 às 11:13

    • Menina Misteriosa

      Eu sinto, Mari…

      14/03/2011 às 11:41

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s