O presente

.

A Luna é uma das amigas mais espirituosas que tenho. Perfeita para criar um desfecho para esses dois.
.
Se você chegou direto aqui, conheça a 1a parte da história e as continuações 1 e 2!
.
.
O presente
.
Clarimunda sorriu ao ouvir o relato da amiga: as coisas pareciam andar no ritmo que planejava.
.
À noite, Romualdo foi visitá-la, como haviam combinado. Estava mais romântico, mais atencioso e ainda mais apaixonado. Carregava um misto de culpa e alívio, uma culpa que, em outros tempos, não faria sentido algum para ele e um alívio que não fazia sentido naquele momento. Reparou que sua amada estava diferente, que um ar de satisfação sombria era evidente em seu rosto. Ela lhe deu seu beijo mais quente, pegou-o pela mão, fez com que sentasse no sofá e disse:
.
– Eu já decidi o que quero de presente!

Romualdo ficou feliz, era um sinal de que ela aceitara seu pedido de “namoro sério”.
.
– E o que quer, minha flor? Uma jóia?

– Não, não quero uma jóia e sim algo bem mais significativo.

– Busco a lua e as estrelas pra você, é só dizer! – respondeu Romualdo com toda a cafonice de que era capaz.
.
Clarimunda olhou para o relógio e antes que o namorado pudesse perguntar se ela esperava mais alguém, a campainha tocou. A moça foi até a porta e voltou acompanhada pela amiga, a que Romualdo havia comido horas antes, que ao vê-lo ali ficou sem reação. Romualdo cometeu mais um erro crasso e começou a tentar se justificar, atropelando as palavras, escorregando na própria língua.
.
– O presente que eu quero é a prova da caça, quero a cabeça “do alce” empalhada, para enfeitar a parede da sala da nossa futura casa.

O rapaz quase desmaiou mas por amor à Clarimunda aceitou o machado que ela lhe oferecia e em apenas um golpe certeiro fez o sangue da vítima salpicar o tapete.
.
Renasceu.
.
Luna Sanchez

.

Anúncios

42 Respostas

  1. Maíra dos Anjos

    Esse lado macabro da Luna eu não conhecia… Estou chocada!
    rs

    Beijos nas duas.

    13/04/2011 às 09:08

    • Maíra,

      Ele só se manifesta de oito em oito anos, relaxa. ;)

      Um beijo.

      13/04/2011 às 22:16

  2. Heru_sa

    Honra lavada com sangue!

    13/04/2011 às 09:46

    • Heru_sa,

      Clichê ao avesso também funciona, né?

      13/04/2011 às 22:16

  3. Santa Clarimunda!!!! :)

    13/04/2011 às 09:52

    • Mirian,

      Oremos!

      13/04/2011 às 22:17

  4. Até agora, a continuação que mais curti. Acho que seria mais legal.

    Que fique claro, e Gustavão há de concordar comigo que, Romualdo não tem culpa. Afinal, ele não namorava com Clarimunda, logo, não se configura traição. No máximo, forçando muitíssimo a barra, foi desleal com ela.

    E amiga era amiga mesmo? Pelo que entendi, colega de grupo. Gostei da morte. Mas se Clarimunda tivesse transado com Romualdo na cara dela, seria o ápice.

    Corrijo: não sei se Romualdo apaixonado, ao ver a amiga de Clarimunda – a mulher que virou pizza – conseguiria sair da meia-bomba. Semivigarista pego sempre manda mal.

    13/04/2011 às 12:30

    • Fernando,

      No caso do Romualdo e da Clarimunda talvez nem se aplique, mas deslealdade é mais “grave” do que traição, na minha opinião.

      Se a Clarimunda tivesse exigido transar com o Romualdo na presença da amiga ela apenas estaria inflando o ego do cara, supervalorizando o passe dele e, cá pra nós, eu não acho que o Romualdo mereça tanto.

      13/04/2011 às 22:17

  5. Dita Panul

    Dou 6 meses para este amor todo ir pro ralo.

    13/04/2011 às 13:51

    • Dita,

      Que amor?

      13/04/2011 às 22:18

  6. mfoizer

    E a história começa a tomar um rumo obscuro… Peraí que eu vou pegar a pipoca pra acompanhar essa novela.

    13/04/2011 às 18:14

    • mfoizer,

      Pipoca e Coca-Cola, por favor!

      13/04/2011 às 22:18

  7. Menina,

    Obrigada pelo convite, adorei participar!

    Um beijo grande!

    13/04/2011 às 22:15

    • Menina Misteriosa

      Lu, eu que te agradeço… eu, que já amo te ler, fico ainda mais feliz ao poder publicar um texto teu, aqui! ;)
      Obrigada, por tudo!
      Um beijo

      15/04/2011 às 15:05

  8. Manoel

    De fato a amiga ℓυηα deu um perfeito desfecho. A guria é mesmo genial.

    14/04/2011 às 02:07

    • Manoel,

      Perfeito não sei mas dramático com certeza.

      Rs

      14/04/2011 às 18:17

  9. Lunaaa!

    Adorei seu novo blog! \o/

    14/04/2011 às 13:05

    • Lívia,

      Não, não é meu, é da Menina, minha amiga. Estou aqui a convite dela, apenas.

      ;)

      14/04/2011 às 18:16

  10. …eu seria mais amena…

    era só transar com o melhor amigo dele…

    14/04/2011 às 13:58

    • long haired lady,

      E se o cara fosse fraquinho, perdia a viagem, já pensou?

      14/04/2011 às 18:19

  11. Carolina

    Por essa eu não esperava. Juarava que ela ia propor um ménage…
    \O/

    14/04/2011 às 14:36

    • Carol,

      Mas a ideia era castigar o Romualdo e não premiá-lo!

      :p

      14/04/2011 às 18:19

  12. Não conhecia esse lado negro da Luna, mas adoreiiiii!!!!!

    Beijos!

    15/04/2011 às 09:42

    • Tati,

      O conto da Menina e todos os desfechos propostos mereciam ilustrações tuas, sabia?

      =)

      15/04/2011 às 14:56

    • Menina Misteriosa

      Tati, sinta-se à vontade! Vou adorar adicionar suas ilustrações ao conto e aos desfechos! ;)
      Beijo

      15/04/2011 às 15:07

  13. Mulher é bem isso.. Vingativa por natureza.
    Adorei o desfecho.

    Adorei andar por aqui também Menina. Tô ficando viu.

    Bju

    15/04/2011 às 10:40

    • Érica,

      A diferença é que algumas disfarçam (com um enorme pesar na alma) e outras…bem, outras oferecem machados.

      Rs

      15/04/2011 às 14:59

    • Menina Misteriosa

      Ôba, Érica, fica mesmo! Bolo não tem, mas tem sempre um continho novo!
      ;-)
      Beijo

      15/04/2011 às 15:08

  14. Ju

    Lunetowski,
    Fiquei na mesma que a Carolina.. Pensei que seria um ménage. Ou então que as duas fossem se pegar e deixar ele só babando, sem nem poder encostar a mão.. hahahaha
    Gostei desse final, bem surpreendente e maquiavélico!! muhuhuhuhaaaha

    Beijos Luneta!

    15/04/2011 às 13:48

    • Ju,

      Não posso deixar de dizer que tu foi FOFA com o Romualdo, muito FOFA, FOFA³!

      Hohohoho

      15/04/2011 às 15:00

  15. Déia

    kkkkkkkkk Santa Maria!! kkkkkkk
    jamais imaginaria esse final!

    Tomara que ele ainda tenha limpado o chão e lavado o tapete sujo de sangue rs

    bj

    15/04/2011 às 14:10

    • Déia,

      Pelos meus cálculos ele levou três dias e meio para terminar todo o serviço, incluindo a faxina.

      Rá!

      :p

      15/04/2011 às 15:01

  16. Fiquei curioso para saber o que você achou do final que a Luna deu aos protagonistas do seu(?) conto. Você pensou em mortes? O fim do Romualdo, quem sabe?

    Abraços do Gaúcho.

    15/04/2011 às 21:20

    • Menina Misteriosa

      Gaúcho,
      Eu conheço os “personagens” e consegui até abstrair bastante para criar o conto, mas o desfecho sempre me remetia muito à realidade. Ainda bem que tenho amigos que vieram me salvar.
      Quanto a mortes, eu não estava pensando em nenhuma. Nem na do Romualdo. Por isso, gostei ainda mais do final da Luna!
      ;)
      Beijo

      18/04/2011 às 15:19

  17. Gaúcho,

    Vamos ver o que a Menina nos diz sobre o “desfecho oficial”. ;)

    15/04/2011 às 22:52

  18. Hua, kkk, ha, ha, gostei dos debates no comentário, mas tipo, apesar de pedir a morte, Clarimunda não mandaria matar a “amiga”, pelo menos, não no próprio apartamento (para se pega como uma idiota)…

    Fique com Deus, senhorita Menina Misteriosa.
    Um abraço.

    15/04/2011 às 23:59

    • Daniel,

      Ela não mandou, apenas pediu delicadamente.

      Rs

      18/04/2011 às 13:36

  19. Cheguei depois de a sessão ter acabado. Sem mais pipoca e coca, só me resta aplaudir, mesmo que sozinha.

    a Luna, como sempre, magistral.

    Um beijo!

    24/04/2011 às 22:47

    • Menina Misteriosa

      Li,
      você nunca está sozinha, eu volto e revejo o filme contigo! ;)
      Saudades!
      Beijo

      25/04/2011 às 11:38

  20. Opa, e eu revejo com vocês duas. Posso? =)

    Beijos!

    03/06/2011 às 21:47

  21. Sylvio

    Cavernoso!
    Uma relação começada com a pata esquerda. O Romualdo que fique bastaannnnnte esperto com a futura noiva: bobeou, o próximo é ele!

    Criativo desfecho. Um prisma que não conhecia, de nossa escritora: o de levar as últimas consequências comportamentos que jazem adormecidos em nós.

    Abraços.

    04/06/2011 às 16:11

    • Sylvio,

      Um pouquinho de sangue antes do jantar não tem mal nenhum.

      ;)

      13/06/2011 às 18:09

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s