Bombshells

.

Cuddy: You took Vicodin. When you came to my hospital room that night, you were stoned.

(…)

Cuddy: You don’t take Vicodin because you’re scared. You take it so you won’t feel pain. Everything you’ve ever done is to avoid pain. Drugs, sarcasm… keeping everybody at arm’s length so no one can hurt you.

House: As opposed to everyone else in the world who goes looking for pain like it’s buried treasure?

Cuddy: Pain happens when you care. You can’t love someone without making yourself open to their problems, their fears. And you’re not willing to do that.

House: I came to be with you

Cuddy: You weren’t with me. Not really.

House: I wanted to be.

Cuddy: That’s not enough.

House: I can do better.

Cuddy: I don’t think you can. You’ll choose yourself over everybody else because that’s who you are… I’m sorry.

House: No. No. No. No. Don’t.

Cuddy: I thought I could do this.

House: Don’t. Please, don’t.

Cuddy: …Goodbye, House.

.

Eu pensei em comentar e explicar a que tudo isso me remete e filosofar…
…mas a intensidade me desorienta…
…deixo para cada um tirar suas próprias conclusões…

.

.

7a temporada – 15o episódio

.

Anúncios

12 Respostas

  1. EverythingUwant

    It would be perfect if a medicine could spare us from our pains, especially the deep ones from our heart.
    Everybody would be happier if we could really see people from what they really are .

    20/05/2011 às 12:19

    • Menina Misteriosa

      EverythingUwant,
      ainda assim, tenho minhas dúvidas.

      25/05/2011 às 11:44

  2. Não sou muito bom em inglês, apesar de ter uma banda e cantar várias músicas nessa língua.

    Daniel

    20/05/2011 às 12:28

    • Menina Misteriosa

      Daniel, te respondi por email!
      ;)

      25/05/2011 às 11:45

  3. esse amor é esquisito, mas entendo o House, ele “precisa” se defender… o duro é fazer as pessoas entenderem isso.

    21/05/2011 às 00:46

    • Menina Misteriosa

      S.,
      Se proteger é uma coisa. Nunca estar é outra.

      25/05/2011 às 11:45

  4. Maíra dos Anjos

    Uma das melhores cenas das sete temporadas do seriado.
    Ainda, e cada vez mais, acho a Cuddy o melhor personagem da série… Queria ter só metade da força dela.
    Bj

    21/05/2011 às 09:47

    • Menina Misteriosa

      Maíra,
      Eu queria não ceder. Torço para que ela também não o faça.
      Beijo!

      25/05/2011 às 11:47

  5. É dificil decidir até quando a gente aguenta dor, quanto de dor é necessário à gente para nos quebrar…

    Fique com Deus, menina Misteriosa.
    Um abraço.

    21/05/2011 às 18:41

    • Menina Misteriosa

      Daniel,
      Se é que existe uma “decisão”, a gente pode até afastar a causa mas não controla a dor.

      25/05/2011 às 11:49

  6. Menina Misteriosa, adorei a postagem bilingue. Belo vídeo.
    Beijocas no seu coração.
    Manoel.

    21/05/2011 às 20:15

    • Menina Misteriosa

      Obrigada, Manoel!
      Seja bem vindo. Um beijo

      25/05/2011 às 11:49

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s