O Mistério do Planeta*

.

.

Desde ontem que me pego pensando em sobre o que escrever e como escrever. Conto? Poema? Crônica? Acho o último gênero, um dos de maior polêmica sobre sua definição, o mais apropriado, pois a mulher traz a polêmica consigo desde os tempos imemoriais. E nesse tipo de texto posso dialogar num tom mais intimista com vocês leitoras, a quem dirijo e dedico esse texto. Começo falando sobre o título, que roubei de uma canção fantástica dos Novos Baianos, mas que nada tem a ver com as linhas que virão mais abaixo, a letra não, mas o título eu julgo ser perfeito, vamos lá. Vindo pro trabalho me lembrei de um filme, na verdade de um pedaço dele, uma fala pra ser mais exato, não sei mais o nome, os atores e do que se trata, apenas que um dos personagens, um senhor excêntrico e que andava nu pela casa mesmo com as filhas já adultas – eram mais ou menos três ou quatro – num dado momento diz em tom altivo e resignado, Mesmo que eu viva duzentos anos ao lado de vocês mulheres, jamais irei entendê-las. Eu devia ter uns oito ou nove anos, e essa fala colou em mim, me intrigou, eu que na época não tinha condições de interpreta-la, e hoje sim, sei exatamente o que ele quis dizer. Desde garoto convivo com mulheres, mãe, irmã – apenas um ano e meio mais jovem – tias, primas, avós, colegas, esposa, namoradas, ficantes etc. Sempre fui amigo de vocês, e sempre procurei observar seu comportamento, mesmo sendo um cara distraído. E sei que não sou capaz de compreendê-las, assim como o personagem do filme. Quando me dei conta disso, ainda com meus vinte e poucos anos, fiquei transtornado, duvidei da existência da felicidade no mundo e de que a mulher é mesmo uma criação de Deus. Ah! os arroubos da juventude… Hoje em dia o que mais me atrai nas mulheres é justamente esse mistério insondável, essa instabilidade emocional e de quereres que mudam mais que as fases da lua. Sim, o não-saber vocês é o que me aproxima da felicidade e de querê-las cada vez mais de lá pra cá. Não há monotonia ao lado de uma mulher, sei porque também tenho amigos homens, e nós somos muito previsíveis, vocês não, há nesse comportamento, que creio eu, foi muito aperfeiçoado desde Eva, uma vocação para dominar sem parecer que estar dominando, de ser forte sem perder a doçura, de ser obstinada sem esquecer da beleza, de ser atendida com o mínimo esforço, às vezes basta um olhar ou um biquinho. E eu poderia ficar escrevendo horas sobre os mais diversos aspectos da feminilidade, que me atraem e me fazem ser um eterno apaixonado pelo sexo oposto, mas hoje quero pensar e louvar apenas a esse mistério. Um brinde a vocês mulheres, outro brinde a esse mistério, que é inato. Continuem me intrigando, me trazendo felicidade, dores de cabeça e a vontade de ser cada vez melhor.

Dedico esse texto às mulheres da minha vida, Mãe, Irmã e Sobrinha-afilhada. Dedico à minha futura esposa, que até agora também é um grande mistério. E às leitoras que me incentivaram a escrevê-lo e às que não puderam incentivar mas agora me leem, misteriosamente.

.

*Texto de André Salviano pra celebrar o dia de hoje. Feliz Dia Internacional da Mulher.

André Salviano – um admirador da alma feminina [e do corpo idem], como ele mesmo diz – é poeta. E um eterno apaixonado. Escreve na Confraria dos Trouxas e no 4 pecados.

Anúncios

17 Respostas

  1. Você tinha razão Menina, adorei o texto. O André Salviano é mesmo um espetáculo, não tem como não gostar de tudo que ele faz.

    Beijo grande
    o/

    08/03/2012 às 15:52

  2. Achei lindo o texto, também acho divertido esse tal mistério que os homens tanto falam… ora somos tão simples e fáceis de entender rrs

    08/03/2012 às 16:03

  3. Lindo texto! Quando um homem sabe admirar uma mulher nessa intensidade, ele a compreende. Parabéns Salviano pelo texto! Parabéns Menina pelo seu dia e por ser tão especial! Bjsss

    08/03/2012 às 16:22

  4. Perfeito é a palavra que define este delicioso texto!

    08/03/2012 às 17:18

  5. Patthy

    Sal, sal… Não costumo comentar em blogs, sou dessas que ficam só dando uma espiadinha, mas passo por aqui e agradeço por tentar desvendar os nossos mistérios!!!
    Beijos meus…

    08/03/2012 às 17:32

  6. Que texto maravilhoso! Parabéns ao André por conseguir ser tão sensível e nos brindar com suas palavras inspiradas.

    08/03/2012 às 18:05

  7. Ah, essas mulheres… melhor amá-las que entendê-las.

    09/03/2012 às 00:18

  8. Muito bom! Parabéns, Sal! ;)

    Beijocas!

    09/03/2012 às 09:53

  9. denison mendes

    camarada sal,

    que o enigma permaneça e expanda infinitos, e que a vontade nos devore diante o universo-reino indecifrável das mulheres…

    belíssima homenagem.
    abreijos

    09/03/2012 às 14:29

  10. Érica Verônica, obrigado mesmo, de coração

    Dea, o mistério é o segredo ;)

    Garbuio, agradecido, você a quem tive o prazer de conhecer em novembro passado

    Cynthia, agradeço pela leitura e pelo retorno ;)

    Patthy, fico feliz que meu texto a tenha feito sair da “moita”, o bom do tentar desvenda-las é que o processo é contínuo, e mui prazeroso

    Alessandra, obrigado pelo carinho

    Alline, sim, o caminho é mais ou menos por aí mesmo

    Bem, quando escrevo algo o que mais me dá satisfação é saber como o texto tocou cada leitor, por isso estou aqui exultante com esse belo retorno que vocês estão dando. Mas como disse a Lu no Facebook, e os leitores, não vão comentar? Só as leitoras? rs

    Beijos pra vocês,
    Sal

    09/03/2012 às 15:03

  11. priscila

    ótimo texto! Simples, verdadeiro e exato.

    09/03/2012 às 15:09

  12. É Maravilhoso ver a ética de um homem que busca o conhecimento do universo feminino, não para manipular apenas por admirar, e essa mesma ética faz dele uma inspiração para sermos o que somos.bjs

    11/03/2012 às 19:36

  13. Me lembrou minha infância, meu pai e seus dizeres amorosos em relação a nós mulheres.

    Texto lindo, simples e muito rico.
    Vou dar um beijo nesse moço rsrs

    Noh

    13/03/2012 às 13:59

  14. Menina Misteriosa

    Tá… o André é poeta e mandou muito bem… mas tô ficando com ciúmes… quero beijos também! humpf!

    15/03/2012 às 15:57

  15. Mulheres…

    16/03/2012 às 18:17

  16. Menina Misteriosa

    Sujeito,

    Três mariolas pelos pensamentos nas …

    18/03/2012 às 13:06

  17. Miss Upinha, coisa boa saber que gostou ;) Besos

    Denison, a quem carinhosamente chamo de mestre e não é a toa, comentário lindo, abreijos, meu caro

    Priscila, *_*

    Alba, suas palavras me deixaram assim, sem mistério algum ;)

    Noh, se fiz te lembrar de coisas tão caras, fico exultante, um beijo pra você =)

    Menina, vou mandar uns beijos por sedex rs

    Sujeito, sim, ah, as mulheres…

    18/03/2012 às 13:53

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s