a moça que escreve sem roupa

.

‎”Tentar dar o troco achando que não vai se machucar em dobro mais tarde é burrice.”*

.

Não tem era uma vez. Apesar de viver de passado. Joga migalhas circenses para delas se alimentar. Sempre preterida, esnoba um falso ego mascarado de virtude. Camaleia-se por tecos de atenção, vende mais do que alma. Mira a vítima e suga seus ídolos, gostos, quereres. Transforma-se. Despersonaliza-se. A cada novo alvo, outra. Na falta de graça, doa o corpo. Exige do outro o que não oferece nem a si mesma. Grita garbo, elegância e concordância para esconder a falta de caráter. Expatriada, respira lembranças inventadas. Amaldiçoa os que levam a bênção de nunca terem sido. Cuspiu seu veneno em minha direção. Troco? Não precisei fazer nada. Secou sozinha, retorcida pelo ciúme e pela amargura.

.

*atribuem essa frase à Buk. não achei a original para confirmar

.

Anúncios

14 Respostas

  1. Me lembrou secos galhos, aqueles que querem ferir, persuardir, ser o que não é. No final sempre serão galhos secos.

    Beijos
    Noh

    19/03/2012 às 07:51

    • Menina Misteriosa

      Noh,

      Nem precisamos nele encostar; espatifa-se e despedaça-se sozinho.

      Beijo, linda!

      19/03/2012 às 16:41

  2. “Vestida com as roupas e as armas de Jorge.”

    Espetacular. Como sempre.

    S2

    19/03/2012 às 14:07

    • Menina Misteriosa

      Irmãzinha,
      obrigada pela ajuda!

      Proteção nunca é demais. Ainda mais com… você sabe!

      Love you!

      19/03/2012 às 16:42

  3. Forte isso. Dá trabalho descobrir o que há por trás, até para descobrir que ela não vale a pena.

    21/03/2012 às 11:35

    • Menina Misteriosa

      Sujeito Oculto, dá trabalho para afastar o encosto, isso sim. Desde o começo, sabia que não era boa bisca. Mantive distância. E acho que essa minha atitude irritou-a; esse tipo de gente, como não tem vida própria, quer a dos outros, quer palco.

      22/03/2012 às 19:41

  4. ui!
    dessas prefiro distância.

    21/03/2012 às 22:08

  5. Menina Misteriosa

    S.,
    Se houvesse alguma chance dessa praga chegar perto de você, eu não deixaria!

    Já você… ah, você eu quero sempre perto!
    Saudade!

    22/03/2012 às 23:03

    • hum!!!
      q linda…
      saudades também. muita.
      beijos

      26/03/2012 às 20:32

  6. Muito bom.
    Coisa bem boa é passar por aqui, sempre.
    Bj de arte, moça.

    03/04/2012 às 21:17

  7. Quanta confusão mental?? Meu Deus, como isso é fantástico em termos poéticos, não?
    Morreu seca ou seco? Pouco importa, quem olha para os outros com inveja tem que secar mesmo.

    Daniel

    20/04/2012 às 10:37

  8. E com o seu próprio veneno, assim é, não temos do que nos preocupar

    06/06/2012 às 22:03

  9. classico

    08/07/2012 às 23:44

  10. Muito bom teu blog!!!! Tenho um tb…se quiser dar uma passada lá é http://www.rosassubterraneas.blogspot.com.br/

    Bjss

    20/06/2013 às 00:26

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s